Notícias

Com Logística Integrada, Bandeirantes promete agilizar e facilitar entregas de mercadorias

A Presidente anunciou: a safra neste ano deve alcançar 193 milhões de toneladas de grãos e colocar o País como o maior produtor de soja do mundo. Todos os dias, mais de 45 mil caminhões chegam ao complexo marítimo de Santos. Problemas como congestionamentos nas estradas que dão acesso ao litoral paulista e descumprimento de agendamento prévio para o acesso aos terminais já foram minimizados. E a Bandeirantes Logística há meses já faz a sua parte para colaborar com a melhoria do tráfego no porto santista.

O que a Bandeirantes Logística Integrada quer fazer é desburocratizar serviços. A promessa é que o cliente não vai ter qualquer preocupação. Em vez de aborrecimentos, vai ter a certeza de que a mercadoria vai estar no lugar onde precisa e na hora exata acordada, praticamente sem custos adicionais. Para isso, a companhia que tem quase oito décadas de comprometimento quer facilitar o trabalho dos clientes de importação e exportação, levando os produtos para fora da Baixada Santista. Desde o ano passado já transporta as cargas fracionadas do porto para a capital e Grande ABC. Esse ano já ampliou para toda a Região Metropolitana de Campinas.
Menos custos

A Bandeirantes projetou um sistema para realizar o serviço em horários de pouca movimentação, com veículos adequados para aproveitar completamente os espaços para transportar as cargas. Isso significa que a empresa vai além da preocupação em redução de custos. Também faz sua parte para reduzir a poluição do meio ambiente, diminuindo o número de veículos nas estradas.

A Bandeirantes oferece o transporte de cargas até o interior do estado de São Paulo, na Região Metropolitana de Campinas, onde ficam alguns dos maiores produtores do País.

Com o uso desse serviço diferenciado, “o cliente da Bandeirante vai sentir a desburocratização de todas as etapas do processo e também vai ter menos gente contratada para realizar os serviços, o que lhe proporcionará menos custos”, garante o diretor comercial Marcel Vilchez. “Em comparação aos atuais valores praticados, o cliente poderá sentir no bolso uma economia de até 90% no valor do frete. Além de mais agilidade e excelência nos serviços, o investimento para obter o mesmo produto final é muito menor. Bom para o cliente final, para o intermediário e principalmente para a Bandeirantes, que além de oferecer esse diferencial, ganha a oportunidade de proporcionar a satisfação e a confiança de seus parceiros.”

O trabalho pioneiro no país tem dado resultados positivos. O transporte das cargas fracionadas para a capital paulista já pode ser comparado a um clássico futebolístico. Como lembrou um jornalista na década de 50, um verdadeiro “Sansão”, ou seja, um duelo de gigantes, mas agora não entre times, e sim entre cidades. O maior porto da América Latina e a capital mais importante do Brasil. Quem ganha nesse duelo? O cliente, que pode pagar menos por um serviço com muito mais qualidade; que tem a oportunidade de saber que recebeu seu produto no porto de Santos, mas vai recebê-lo na porta de sua empresa, onde estiver. O inverso também acontece: o transporte de cargas também é feito para quem quer exportar mercadorias.

 

 

 

Caminhao Bandeirantes - 1 Baixa

13 3131-4500